Ronaldo deseja ajudar a família e ver os filhos se formarem.

Continuando nossa série de entrevistas com servidores da Semec sobre seus planos e expectativas para o ano de 2020, dessa vez conversamos com o colaborador Ronaldo Eloi.

Ronaldo tem 57 anos, é servidor público há mais de três décadas, tendo trabalhado todo esse tempo na Semec, desempenhando diferentes funções. Formado em Economia e Gestão Pública, também com curso Técnico de Edificações e trabalha controlando o fluxo de pessoas que vêm à secretaria diariamente.

Casado, pai de três filhos e avô de um menino, ele nos conta sobre seus planos pessoais, o que espera de 2020 e um pouco da sua experiência no serviço público.

‘’Aqui eu trabalho informando, orientando e liberando quem entra e em que sai e é muito gratificante poder ajudar as pessoas’’.

Essa é a segunda parte do bloco de quatro entrevistas da série ‘’2020 chegou e aí?’’.

Vamos conhecer mais este colega e o que vem por aí?

Repórter: O que você mais gosta de fazer?

Ronaldo: Eu gosto muito de viajar, se eu pudesse viveria no interior! Sou um caipira. (risos) Gosto muito de visitar e das comidas caseiras de lá. Tenho vontade de conhecer todo o Estado, mas isso é um plano pro futuro.

Repórter: Quais são os seus projetos para 2020?

Ronaldo: Pretendo me aposentar e cuidar mais da minha família. Eu tenho três filhos e um neto, que convive muito comigo e com minha esposa já que os pais dele trabalham. Quero dar prioridade a ele e oferecê-lo uma criação boa. Também tenho planos de abrir uma empresa com meus filhos, na área de consultoria em projetos e administração de empresas.

Repórter: Quais são suas expectativas pessoais?

Ronaldo: Primeiramente, é ver meus filhos se formarem. Meu maior sonho é que eles terminem suas faculdades. É um esforço muito grande, mas a gente sabe que é bom para nossos filhos, então a gente faz esse sacrifício. É um investimento que meu pai fez comigo e que eu quero passar para os meus filhos.

Repórter: E quais são as suas expectativas profissionais?

Ronaldo: Como estou priorizando a minha aposentadoria, pode ser que no próximo ano eu já comece a abrir essa empresa de consultoria com meus filhos. Quero me organizar, isso merece cuidado.

Repórter: O que você faz na Semec?

Ronaldo: Eu comecei no cadastro imobiliário, na época eu cadastrava os imóveis. Depois disso, comecei a trabalhar como no setor de fiscalização e tributos e saindo de lá, fui para o almoxarifado. Hoje, eu trabalho na catraca controlando e liberando o acesso de clientes que vem à Semec todos os dias.

Repórter: Então, nesses 35 anos de serviço público, você sempre trabalhou aqui?

Ronaldo: Sim, sempre trabalhei aqui, mas já fui emprestado a outras pastas, como a Sedet.

Servidor trabalha na Semec há 35 anos.

Repórter: E como você se sente trabalhando na Semec? 

Ronaldo: Me sinto muito bem! São 35 anos maravilhosos trabalhando com meus amigos, meus companheiros. Sempre fui camarada com tudo mundo e todo mundo comigo. Trato com delicadeza e tento resolver os problemas.

Repórter: Qual é a melhor parte do seu trabalho?

Ronaldo: Com certeza é atender e ajudar o público. Saber das dificuldades deles, tentar tirar suas dúvidas e resolver seus problemas. É muito gratificante.

Repórter: Tem algo que você queria fazer de diferente esse ano?

Ronaldo:Como eu falei, quero me aposentar e cuidar mais da minha família. Eu também gostaria de ajudar mais as pessoas. Tenho muitos familiares que precisam de ajuda e com esse tempo livre eu pretendo visitá-los. Como boa parte da minha família é do interior, geralmente, me cobram por não vê-los mais vezes e nesse ano quero mudar isso.

Repórter: Uma mensagem para 2020?

Ronaldo: Que as pessoas sejam mais unidas. Tem muito violência, muita guerra no mundo. Que os povos rezem e que Deus entre no coração das pessoas para que haja a paz.

Luís Otávio Mendonça (estagiário)

One thought on “Série – 2020 chegou e aí?!”
  1. Parabéns colega Ronaldo, adorei esta maravilhosa reportagem, proporcionando à minha vida mais ânimo e encorajamento, valeu, obrigada !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *